Dando os parabéns em inglês

Quando alguém faz aniversário, aniversário de casamento, de tempo de empresa, quando alguém conquista alguma coisa que estava querendo, se forma na faculdade, e assim por diante, e nós queremos parabenizar a pessoa, tudo que precisamos fazer em português é dizer parabéns!

Mas… será que em inglês é tão simples assim parabenizar as pessoas?

Bom, se você tiver uns minutinhos aí, neste novo vídeo do English Minutes, eu respondo isso pra você!

Mas… se você não tiver esses minutinhos agora, ou preferir ler como deve fazer, I can help you too!

Parabéns por um aniversário

Um dos motivos mais recorrentes para darmos parabéns a uma pessoa é pela ocasião do seu aniversário. Felizmente, uma das expressões mais conhecidas e populares no inglês é… happy birthday!

A palavra birthday, ao pé da letra, quer dizer dia do nascimento. Mas a frase happy birthday é traduzida como feliz aniversário.

E essa é, sem dúvida, a primeira maneira que nós temos de parabenizar alguém, em inglês… ou seja, se você quer parabenizar a pessoa pelo seu aniversário, diga happy birthday!

Dizendo parabéns atrasado

Você esqueceu do aniversário de alguém e precisa desejar um feliz aniversário atrasado? Não tem problema, I got you covered!

Para essa situação, pela qual, aliás, todos nós já passamos, você só precisa dizer happy belated birthday… e se a pessoa for sua amiga, ela vai aceitar os seus parabéns, mesmo atrasados, né?

Parabéns por outras ocasiões

Acabamos de ver que birthday se refere ao aniversário de nascimento de alguém.

Só que quando estivermos falando de qualquer outro aniversário… um aniversário de namoro, de casamento, de tempo de empresa, de fundação de um time de futebol, a gente deve usar a palavra anniversary.

A partir da palavra anniversary, nós temos a frase happy anniversary, que deve ser usada pra parabenizar alguém pela celebração de mais um ano de um evento especial, ok?

Então, fica a dica…

Use happy birthday para parabenizar alguém pelo aniversário de nascimento, e use happy anniversary para celebrar o aniversário de qualquer outro acontecimento, ok?

E para outros tipos de parabéns?

Quando você quer parabenizar alguém por alguma conquista… a pessoa comprou um carro novo, entrou na faculdade, conseguiu um aumento, foi promovida… você pode recorrer ao parabéns genérico do inglês.

Parece brincadeira, mas é verdade: no inglês existe uma palavra genérica pra dar parabéns… a palavra congratulations!

— Oh, you got a new car? Congratulations!

Oh, você comprou um carro novo? Parabéns!

— So I heard you’re getting married! Congratulations!

Ouvi dizer que você vai se casar! Parabéns!

Ah… também dá pra abreviar congratulations e dizer somente congrats, ok? Isso é útil naqueles bate-papos bem informais com seus amigos e colegas de trabalho, por exemplo…

E já que estamos falando de dar parabéns pra alguém para acontecimentos em geral, além de congratulations ou congrats tem algumas outras formas de dizer isso.

A primeira dessas formas é well done. Alguém ganhou uma maratona depois de meses de treinamento? Ou você e a equipe terminaram aquele projeto super longo e complicado com sucesso? Diga well done!

— You passed the test! Well done!

Você passou na prova! Muito bem!

Outra forma de dar os parabéns pra alguém é dizendo you nailed it!

Dentre as formas que estou mostrando a vocês, esta deve ser a maneira mais informal de dizer parabéns em inglês… mas sem problema… you nailed it serve muito bem pra parabenizar alguém em qualquer situação que não seja aniversário… e que seja informal, principalmente.

A última forma de dizer parabéns que eu vou apresentar é way to go!

E o interessante da expressão way to go é que você pode usar para parabenizar alguém, ou, se quiser, pra mostrar que alguém fez uma grande bobagem… ou seja, dá pra expressar sarcasmo com essa expressão também!

Dica!

Neste contexto mais informal, o uso de sarcasmo também se aplica às outras expressões que vimos: congratulations, well done, you nailed it e way to go. Ou seja, pra sabermos se alguém está realmente parabenizando outra pessoa ou tirando com a cara dela, precisaremos sempre de contexto.

Agora você já sabe várias maneiras de dar os parabéns pra alguém em inglês, e o melhor disso é que todas elas podem ser usadas agora mesmo! Go ahead!

Mas… vem cá. Você conhece outras formas de dizer parabéns em inglês? Deixa aí nos comentários! E se quiser, me diga também se você quer que eu apresente estas outras formas, ok?

A poem from the cat

Eis que me deparei com este singelo – e divertido – poema esta semana, aparentemente escrito por… um gato. Nada mais é do que outra excelente oportunidade de aprendermos inglês. Vejamos:

E eis aqui a transcrição:

A Poem from the Cat

I thank you for the food you bring
and for my little squeaky thing

I thank you for your friendly talks,
and when you change my litter box.

I thank you for the naps we share,
and putting up with tufts of hair.

I thank you for these things you do…
enjoy this mouse I caught for you.

Vamos agora dar uma olhadinha nos trechos destacados acima? Existem várias expressões interessantes pra você aprender ou relembrar.

I thank you

O verbo to thank é o verbo agradecer, em inglês. Assim, usamos esta construção verbal para dizermos obrigado a alguém. Neste caso, I thank you for the food you bring, ou seja, o gato está dizendo em seu poema: “te agradeço pela comida que você me traz.”

my little squeaky thing

Esta construção começa com o pronome possessivo my, ou seja, representa algo que é meu. A palavra squeaky é um adjetivo derivado de um verbo, to squeak, que significa chiar, ou ranger. Assim, nota-se que a coisa (thing) pequena (little) faz barulho, ou chia. Ou seja, além de agradecer pela comida, na frase anterior, o gato está agradecendo pela coisinha barulhenta dele, provavelmente um desses brinquedinhos de animais…

litter box

Quem tem gatos em casa, ou convive com quem os tenha, sabe que estes animais companheiros precisam de um lugar para fazer suas necessidades. Este lugar é a litter box, que normalmente contém um material granulado para que o bichinho possa fazer o que precisa sem que fique um cheiro forte. No Brasil, chamamos de caixa de areia.

…the naps we share

Os agradecimentos do gato continuam: agora ele está falando das naps, ou seja, das sonecas que ele e o dono (ou a dona) compartilham. Sabemos disso devido a um dos verbos mais famosos do mundo em tempos de mídia digital e internet: o verbo to share, que significa compartilhar.

putting up with

Aqui temos um phrasal verb, que é to put up with, que significa tolerar, ou suportar. Sabe quando você resolve aceitar uma situação, por mais desagradável que seja, ou aceitar alguém que se comporte de forma inadequada? Então. Nessas horas, usamos to put up with. Mas o que está sendo tolerado, e que o gato agradece? Continue lendo pra descobrir!

tufts of hair

Outra coisa muito comum para aqueles que têm gatos é se deparar com os pelos que esses animais soltam por aí. Aqui, a palavra hair significa justamente isso, os pelos, que nunca vêm sozinhos… vem sempre em tufos (tufts). Então, o gato está agradecendo, no poema, também pela tolerância com os tufos de pelo que ele solta.

enjoy this mouse I caught for you

Nesta última frase do poema, temos um presente do gato, em sinal de agradecimento a seu dono. Primeiro, aparece o verbo to enjoy, que significa apreciar, curtir ou aproveitar. O outro verbo que temos nesta frase é o verbo to catch, que significa pegar, ou apanhar, e aqui está no passado (caught). Então, o gato quer que o dono (ou a dona) curta este rato (this mouse) que eu peguei pra você (I caught for you). 😬

E então? Gostaram da homenagem em forma de poema, feita pelo Mr. Cat? Aqui embaixo tem a tradução para o português, se você quiser consultar:

Tradução do texto: Clique para expandir

Um Poema do Gato

Eu te agradeço pela comida que você traz
e por minha coisinha que faz barulho

Eu te agradeço por suas conversas amigáveis,
e quando você troca minha caixa de areia.

Eu te agradeço pelas sonecas que compartilhamos,
e por tolerar tufos de pelos.

Eu te agradeço por essas coisas que você faz
curta este rato que eu peguei pra você.

Vejo vocês num próximo post! Bye bye!

Car thieves… and bees!

A leitura de notícias em inglês é uma forma interessante de praticarmos o idioma, e, de quebra, permite o aprendizado de vocabulário novo.

Que tal se nós fizermos um exercício de leitura guiada em inglês, onde além de você poder ler e ouvir o texto, praticando seu listening, pode também testar seu entendimento através de perguntas de múltipla escolha?

Este vídeo do English Minutes no YouTube traz esta proposta:

O texto abaixo, que é o que está no vídeo, foi compilado a partir de dois jornais online, e traz uma história que é ao mesmo tempo inacreditável, engraçada e assustadora!

Confira o texto, que é indicado para o nível CEFR B2: você pode consultar o significado das palavras destacadas logo a seguir, e, caso você tenha dúvidas com outras palavras, deixe um comentário e eu ajudarei você, ok?


B2

Car thieves… and bees!

Most people are loathe to see signage beside coveted San Francisco parking spaces.

But a pair of signs near Alamo Square Park, which is bordered on one side by the famous Painted Ladies houses seen in the opening credits of Full House, are inspiring chuckles rather than groans, and they include some sound advice.



Printed on sturdy board and nailed to wooden posts, the signs list four ways to prevent theft — with one that most people wouldn’t expect.

To prevent theft, the signs say, you should “lock your car, take your keys, hide your belongings“, and lastly, “fill a decoy purse with thousands of angry, poisonous bees“.

A credit at the bottom of the sign attributes it to the San Francisco Police Department and includes the phone number for Northern Station.

But local residents actually created the funny signs. They are replicas of one created by a local comedy project.

These joke signs may be especially useful in San Francisco, where the number of larceny theft from vehicle(s) spiked 26 percent in 2017.

Vocabulary

Abaixo estão as palavras destacadas do texto, na ordem em que aparecem, sempre com a definição em inglês primeiro, e o significado ou tradução para o português na sequência.

  • to loathe: to dislike greatly, to detest (detestar, odiar ou abominar alguma coisa).
  • coveted: earnestly wished for or sought after (cobiçado).
  • to border: to touch at the edge or boundary (fazer fronteira com, ou estar na imediata proximidade de algo).
  • to inspire: to be the reason of (ser motivo de).
  • sturdy: robust, reinforced or strong (robusto, reforçado ou forte).
  • to prevent: to keep from happening or existing (prevenir).
  • theft: the act of stealing (roubo).
  • lastly: following all the rest (finalmente).
  • decoy: something used to draw attention away from another (isca, chamariz, distração ou engodo).
  • poisonous: producing a toxic substance that causes injury or death (venenoso).
  • to attribute: to credit (creditar, dar o crédito de algo a alguém).
  • larceny: the taking of personal property without consent (furto).
  • to spike: to rise suddenly and rapidly (aumentar vertiginosamente).

Tradução

Ok. Se você precisar acessar a tradução completa do texto para o português, ela também está aqui. Confira:

Tradução do texto: Clique para expandir

Ladrões de carro… e abelhas!

A maioria das pessoas odeia ver placas de sinalização ao lado das cobiçadas vagas de estacionamento de San Francisco.

Mas algumas placas próximas do Alamo Square Park, que é margeado em um dos lados pelas famosas casas das Madames Pintadas vistas na abertura de Full House, estão motivando risadas ao invés de resmungos, e elas incluem alguns conselhos sensatos.

Impressas em tábuas reforçadas e pregadas a postes de madeira, as placas listam quatro maneiras de prevenir o roubo — com uma que a maioria das pessoas não esperaria.

Para prevenir roubos, as placas dizem, você deve “trancar seu carro, levar suas chaves, esconder seus pertences”, e finalmente, “encher uma bolsa isca com milhares de abelhas, zangadas e venenosas“.

Um crédito na parte inferior da placa a atribui ao Departamento de Polícia de San Francisco e inclui o número de telefone da Estação Norte.

Mas na verdade os habitantes locais criaram as divertidas placas. Elas são réplicas de uma criada por um projeto de comédia local.

Estas placas brincalhonas podem ser especialmente úteis em San Francisco, onde o número de furtos de veículos deu um salto de 26 por cento em 2017.


Nota: Este texto foi construído e adaptado a partir de notícias originais publicadas entre 9 e 12 de março de 2018 pelos jornais online San Francisco Chronicle e Daily Mail.

—ING: Present Participle e Gerund são a mesma coisa?

Todo mundo que estuda ou já estudou inglês na vida se deparou em algum momento com a terminação —ING, não é verdade?

Vamos dar uma olhada nestes dois exemplos:

  • She’s walking slowly today because she hurt her leg.
  • Walking is a great way to improve or maintain your overall health.

No primeiro exemplo, a terminação —ING é adicionada ao verbo to walk para construir o tempo verbal chamado de present continuous ou present progressive, usado para falarmos de ações continuadas que que estejam acontecendo no momento atual.

O present continuous ou present progressive é formado combinando o verbo to be com o que a gramática do inglês chama de present participle.

O que é present participle?

O present participle é a forma obtida quando adicionamos a terminação —ING à forma base, ou infinitivo de um verbo, como neste exemplo:

  • Amanda is wearing a dress today.

De acordo com as normas de gramática do inglês, nós sempre usaremos o present participle nas construções de tempos verbais contínuos ou progressivos, como no exemplo do present continuous que eu mencionei acima.

Há um detalhe muito importante com relação ao present participle: ele sempre estará acompanhado do verbo to be, que pode estar conjugado em qualquer um dos tempos verbais do inglês, como nos exemplos a seguir:

  • Quiet, please! I’m trying to sleep!
  • He was watching the soccer finals.
  • They have been working too hard.

Uma pequena confusão que o português pode causar

Vamos olhar novamente está frase:

  • Amanda is wearing a dress today.

Em português, traduziríamos esta frase como Amanda está usando um vestido hoje: nesta frase, a palavra usando é a forma do gerúndio do verbo usar.

Como em português o gerúndio é justamente usado para expressar a continuidade ou o desenvolvimento de uma ação no momento atual, ele se assemelha à ideia do present continuous, e assim, muitas vezes as pessoas dizem por comparação que os verbos do inglês, quando estão com a terminação —ING, estão no gerúndio.

E puxa, vejam só: existe até uma palavra cognata em inglês para gerúndio, que é gerund!

Mas gerund e present participle, embora extremamente parecidos, não são exatamente a mesma coisa!

O que é gerund?

Para entender o que é gerund, vejamos novamente o segundo exemplo que foi dado no começo do texto:

  • Walking is a great way to improve or maintain your overall health.

Se considerarmos a tradução da frase acima para o português, que seria Andar é uma ótima forma de melhorar ou manter a sua saúde geral, notamos que a palavra andar, neste caso, atua como um substantivo.

O sentido da palavra andar neste caso é o mesmo que temos na frase seu andar_ é muito gracioso_: andar é um substantivo.

Ou seja, um gerund é uma palavra formada a partir de um verbo terminado em —ING, exatamente como seria um present participle, só que atuando como um substantivo.

É possível perceber isso nestes exemplos adicionais, em que todas as palavras terminadas por —ING na verdade são gerunds e agem como substantivos:

  • Speaking good English takes time.
  • I think snowboarding is cool.
  • She loves traveling.

Como saber se é present participle ou gerund?

Pelas explicações anteriores, a forma mais fácil de diferenciar entre um gerund e um present participle é verificar se na frase existe o verbo to be.

Se você encontrar uma forma do verbo to be conjugada em qualquer tempo verbal, seguida pela forma —ING, então estamos falando de present participle. Exemplo:

  • She has been sleeping for eight hours.

Por outro lado, caso a forma —ING estiver começando a frase ou seguir um verbo ou uma preposição, isso será o gerund. Exemplo:

  • Playing chess is really fun!

Tá bom: e o que isso muda na minha vida afinal?

Falando muito sinceramente, é muito pouco provável que esta informação faça alguma diferença prática pra você, principalmente se sua necessidade ou anseio é apenas falar ou escrever em inglês no dia-a-dia para se comunicar.

No entanto, se você, assim como eu, possui aquela curiosidade inquietante ou quer se especializar ou pelo menos entender um pouco mais a fundo certas diferenças tênues da gramática do inglês, eu tenho certeza de que você deve ter adorado descobrir — ou, quem sabe, relembrar esta informação, não é?

Deixe as suas opiniões aí embaixo, nos comentários.

A gente se vê num próximo post!

Aprendendo inglês com uma newsletter da Fórmula 1

Que tal fazer um exercício de leitura guiada em inglês, usando uma newsletter da Fórmula 1?

Embalado pela vitória do piloto holandês Max Verstappen no grand prix de septuagésimo aniversário da Fórmula 1 em Silverstone no fim de semana de 09 de agosto de 2020, este vídeo do English Minutes no YouTube te apresenta esta atividade:

A FIA, Federação Internacional de Automobilismo, publica uma newsletter, ou seja, um boletim de notícias, que você pode assinar e receber no seu e-mail regularmente.

Na newsletter enviada logo após a corrida do aniversário de 70 anos da Fórmula 1, eles mencionaram a vitória de Max Verstappen, que foi impressionante — e um pouco inesperada:

O vídeo de leitura guiada acima usa como referência o que eles disseram.

Não conhece as leituras guiadas do English Minutes?

As leituras guiadas são vídeos feitas em um formato simples, com leitura e explicação, para que você, que estuda inglês, complemente seus estudos, aproveite as explicações e aprenda ou revise vocabulário!

A seguir, eu reproduzo, na íntegra, o texto da newsletter, incluindo a imagem que o ilustrou.

As palavras destacadas são vocabulário ou expressões que eu comento na sequência. E você também vai poder acessar a tradução para o português do texto.

Blazing Bull

Go hard. Or go home. When it comes to burning rubber, Red Bull can handle the heat. Their risky but rewarding tyre gamble saw Max conquer last weekend. And it has exposed Mercedes’ Achilles heel. With a boiling hot Spanish GP up next, tyres will be tested. Again. Lewis, of course, welcomes the challenge. So can Red Bull stoke the fire and continue to threaten the Silver Arrows’ dominance?

Vocabulário

Eis as definições, ou explicações, para os termos destacados acima:

Tradução

E conforme citei no começo do texto, segue a tradução da newsletter para o português, para que você possa ter uma visão geral do contexto, se preferir assim:

Touro em chamas

Vá com tudo. Ou vá pra casa. Quando o assunto é queimar madeira, a Red Bull consegue lidar com o calor. Sua arriscada mas recompensadora aposta nos pneus permitiu que o Max conquistasse o final de semana passado. E expôs o calcanhar de Aquiles da Mercedes. Com um GP da Espanha fervendo na sequência, os pneus serão testados. Novamente. Lewis, claro, aceita o desafio. Então, será que a Red Bull consegue manter o fogo aceso e continuar a ameaçar o domínio da Silver Arrow (Flecha de Prata)?

Gostou deste post? Deixe sua opinião nos comentários, que é pra eu saber se trago mais conteúdo como este para o site do English Minutes!

Eu vejo vocês num próximo post. Bye bye!

To Meet x to know: qual a diferença?

Hi! Você tem uns minutinhos aí?

Então neste post de hoje você vai aprender comigo a diferença entre os verbos to meet e to know! Está tudo muito bem explicado neste quick tip do English Minutes no YouTube:

Mas, se você não tem tempo agora, ou não quer a explicação em vídeo, dê uma olhada nestas frases de exemplo e veja se você consegue descobrir o porquê de usarmos to meet ou to know em cada um dos casos:

— Nice to meet you!

— Prazer em conhecê-lo!

— I don’t know his brother.

— Eu não conheço o irmão dele!

— Mary will meet with her father at the restaurant tonight.

— Mary vai se encontrar com o pai no restaurante hoje à noite!

Will you know how to do that alone?

— Mary vai se encontrar com o pai no restaurante hoje à noite!

Descobriu? Bom… de qualquer forma, vamos às explicações!

O verbo to meet

O verbo to meet é usado quando a gente está tendo o primeiro contato com alguém, quando estamos conhecendo uma pessoa nova, ou seja, quando estamos sendo apresentados a essa pessoa.

Então podemos usar esta frase:

I met the President last year!

Eu conheci o Presidente no ano passado!

Mas não cabe neste tipo de situação o uso do verbo to know, o que significa que a frase abaixo está errada:

I knew the President last year!

Um outro uso para o verbo to meet são as situações em que você for encontrar alguém que você já conhece. Só que nesse caso, a gente normalmente diz to meet with ou to meet up with.

Então esta frase pode ser usada, pois está perfeitamente correta:

She’s meeting up with her college friends later.

Ela vai se encontrar com as amigas da faculdade mais tarde.

O verbo to know

Já o verbo to know é usado pra falar de conhecimentos ou habilidades que você ou uma outra pessoa possui.

Como nesta frase de exemplo:

I know a lot about computers.

Eu conheço bastante sobre computadores.

Ou como nesta outra outra frase:

Mark knows how to play the piano.

Mark sabe tocar piano.

E há também um outro uso para o verbo to know, que é empregado quando você já conhece uma pessoa, ou seja, já foi apresentado a ela em alguma ocasião anterior, mas vai precisar falar que já conhece de forma geral, em alguma situação corriqueira.

Como neste exemplo:

Do you know Janet?

Você conhece a Janet?

Mas você não deve usar o verbo to meet nesta situação, o que significa que a construção da frase abaixo está errada:

Do you meet Janet?

E então? Gostou deste quick tip?

I hope the next time I meet with you, you can tell me you know the difference between to meet and to know, ok? (Espero que da próxima vez que eu encontrar com você, você possa me dizer que sabe a diferença entre to meet e to know, ok?).

O que é to play possum?

Recentemente, eu estava assistindo ao episódio 15 da quinta temporada de Modern Family (título “Os Rivais“, original em inglês “The Feud“), e, durante um diálogo entre a Alex e a Haley, me deparei com o uso da expressão to play possum.

Veja só o trecho em que ela é usada:

Alex explica à irmã, Haley, que gambás são mestres em “playing possum” (Modern Family, S05E15)

Um pouco de contexto é importante: neste episódio, Alex está ajudando a irmã, Haley, a terminar de mudar suas coisas para o porão, onde fica seu novo quarto, quando as duas encontram um possum1.

Hello, possum! E ainda pegou o celular da Haley como refém! Poor girl!

Obviamente, as duas se assustam muito e se escondem no quarto de Haley. O gambá não vai embora por nada e quando Haley diz que ele pode estar dormindo, a Alex diz que não, que ele não está dormindo, mas que está “playing possum, the one thing that absolutely everyone knows possums do“.

Os possums, bem como outros animais selvagens, possuem a capacidade de se fingirem de mortos para escaparem de possíveis inimigos ou predadores naturais: os possums viram com a barriga para cima e exalam um cheiro ruim – exatamente o que fazem quando se sentem ameaçados normalmente.

Enfim, esta capacidade natural dos animais de se defenderem se chama tanatose: em inglês, o fenômeno possui alguns nomes diferentes: playing2 dead, feigning3 death, ou playing possum – de onde deriva a expressão idiomática central deste post:

To play possum é uma expressão idiomática que empresta seu significado desta defesa natural dos animais. Ela pode significar fingir-se de morto igual aos animais fazem, para escapar de uma situação de perigo ou de risco de vida:

The soldier played possum, fooling the sniper.

O soldado se fingiu de morto, enganando o atirador


We played possum, so the bear wouldn’t bother us.

Nos fingimos de mortos, para que o urso não nos incomodasse


E to play possum também pode significar fingir não prestar atenção, fingir estar dormindo, ou ainda, fingir não saber de nada, em situações em que queremos evitar nos envolver em um problema ou quando não queremos ser incomodados:

I always play possum so my daddy carries me and puts me in bed at night.

Eu sempre finjo que estou dormindo pra que meu papai me carregue e me coloque na cama de noite.


Este último exemplo tem o mesmo sentido da frase da Alex, do começo deste post: “playing possum, the one thing that absolutely everyone knows possums do“, que, em português, já com o significado explicado acima, é “fingindo-se de morto, a única coisa que absolutamente todo mundo sabe que os gambás fazem.

Bônus: um desafio em quadrinhos

Nesta tira de quadrinhos do site Mother Goose and Grimm, o senhor Percy Possum (Percy Gambá) está passando por um problema devido às habilidades naturais dos gambás, que se fingem de mortos como ninguém.

Você consegue entender o diálogo?

Do site “Mother Goose and Grimm“, publicado em 08 de janeiro de 2014

Abaixo, está a transcrição dos quadrinhos, em inglês. Comente quais são as palavras que você acha mais difícieis, ou que você ainda não conhecia!

Ralph: Percy Possum? What are you doing here in a bar?

Percy Possum: Trying to get my mind off my troubles4. No company will give me insurance5.

Ralph: No insurance?!! But you’re young, you’re healthy, you’ll be around for years6!

Percy Possum: Yeah. But they found out7 I’m always faking8 my own death.


Clique e expanda a tradução: veja se você acertou

Ralph: Percy Gambá? O que você está fazendo aqui, em um bar?

Percy Gambá: Estou tentando tirar meus problemas da cabeça. Nenhuma empresa me dará cobertura de seguro.

Ralph: Não vai te dar cobertura de seguro?!! Mas você é jovem, você é saudável, você ainda tem muitos anos pela frente!

Percy Gambá: Sim. Mas elas descobriram que eu estou sempre fingindo minha própria morte.

Vocabulário

E aqui estão as definições para as palavras menos comuns que foram mencionadas neste post:

1. Possum: substantivo, significa gambá. Para dizermos gambá em inglês, também podem ser usadas as palavras opossum, phalanger, ou skunk.

2 To play dead: expressão idiomática, significa fingir-se de morto.

3 To feign: verbo, significa afetar, fingir, simular ou aparentar. Ou seja, no contexto apresentando, feigning death significa simular a (própria) moirte, ou fingir-se de morto.

4 To get my mind off my troubles: expressão idiomática, significa tirar meus problemas da cabeça, ou afastar minha mente dos (meus) problemas.

5 Insurance: substantivo, significa seguro, no sentido de apólice para proteger um bem, como uma casa, um carro ou a vida de uma pessoa.

6 To be around for years: expressão idiomática, significa literalmente estar nas redondezas por anos. Usa-se para dizer que uma pessoa (ou algo) ainda vai durar muito, que tem muito tempo ainda pela frente na nossa companhia. Como diz o meu pai, “tem muito feijão pra comer ainda“. 😆

7 To find out: phrasal verb, significa descobrir, fazer uma descoberta.

8 To fake: verbo, significa falsificar ou inventar alguma coisa.


Hey my friend!

Me ajude a melhorar o site!

Diga nos comentários o que você mais gostou neste post, o que você menos gostou, e que sugestões você gostaria de ver publicadas aqui! Thank you!

Simple Present ou Present Simple: como formar frases?

Você já sabe, pelo meu post anterior aqui no English Minutes, quais as situações em que utilizamos o Simple Present, também chamado Present Simple, e que para começar a formar frases neste tempo verbal, a única coisa de que precisamos é saber a forma base do verbo, ou seja: seu infinitivo.

Vamos recordar o que é o infinitivo do verbo?

💡 Infinitivo do verbo

A forma infinitiva de um verbo, ou forma base do verbo, é aquela sem uma inflexão verbal que o ligue a um sujeito ou tempo verbal em particular. No inglês, o infinitivo do verbo é formado por TO + verbo, como em to eat (comer), to drink (beber) ou to study (estudar).


Agora que já recordamos esta informação importante, eu vou mostrar pra você como formar frases no Simple Present, ou no Present Simple, nas formas afirmativa, interrogativa e negativa.

Para isso, você pode assistir ao vídeo abaixo, que está no canal do English Minutes lá no YouTube:

Ou, se você estiver sem tempo para o vídeo agora, pode acompanhar as explicações a seguir. Vamos lá!

Forma afirmativa

Para formar frases na forma afirmativa do Simple Present, combine o sujeito (que pode ser um pronome, ou um substantivo, seja ele comum ou próprio) com o verbo em sua forma base, ou infinitivo, mas sem o TO. Vejamos este exemplo:

I study English.

No exemplo acima, I (eu) é o sujeito da frase, enquanto que o verbo to study (estudar) foi utilizado, saindo do infinitivo, quando abandonamos o to. English é o complemento da frase, necessário para complementar seu sentido. Então, temos I study English (eu estudo inglês).

Estes outros dois exemplos seguem a mesma lógica:

  • Ben and Mary study English too (Ben e Mary estudam inglês também).
  • Cathy and I like to play with them (Cathy e eu gostamos de jogar com eles).

Vejamos agora esta situação:

My friends like to play board games

Quando encadeamos dois verbos, ou seja, colocamos os dois verbos em sequência, acrescentamos o to entre um verbo e outro. Normalmente, este tipo de construção faz com que a tradução do to entre um verbo e outro seja “de“. Assim, no exemplo acima, temos My friends like to play board games (meus amigos gostam de jogar jogos de tabuleiro).

Forma afirmativa na terceira pessoa

Para formar frases na forma afirmativa do Simple Present para a terceira pessoa do singular (he, she e it), é preciso acrescentar as terminações -S, -ES ou -IES à forma base ou infinitivo do verbo.

💡Acrescentando -S ao final dos verbos

Felizmente, no caso da grande maioria dos verbos em inglês, a forma da terceira pessoa do singular será formada acrescentando a terminação -S. Existem vários exemplos: walk walks; needneeds; workworks, e assim por diante.

Vejamos alguns exemplos:

  • He reads a lot (Ele lê muito).
  • This store closes on Sundays (Esta loja fecha aos domingos).
  • She drives me crazy (Ela me deixa louco).

💡Acrescentando -ES ao final dos verbos

Para os verbos terminados em O, CH, SH, X e SS, a forma da terceira pessoa do singular será formada acrescentando a terminação -ES. Existem vários exemplos: gogoes; teachteaches; push pushes, e assim por diante.

Vejamos um exemplo para cada terminação:

  • She goes to school by bus (Ela vai para a escola de ônibus).
  • He teaches English in Brazil (Ele ensina inglês no Brasil).
  • Evelyn brushes her teeth before sleeping (Evelyn escova seus dentes antes de dormir).
  • Tom fixes breakfast for his wife on her birthday (Tom faz o café da manhã para sua esposa no aniversário dela).
  • My son always crosses the street with attention (Meu filho sempre atravessa a rua com atenção).

💡Acrescentando -IES ao final dos verbos

Para os verbos terminados em Y, onde a letra anterior for uma consoante, a forma da terceira pessoa do singular será formada tirando-se o Y e acrescentando -IES. Existem vários exemplos: cry → cries; try → tries; tidy→ tidies, e assim por diante.

Vejamos alguns exemplos:

  • Paul studies English (Paul estuda inglês).
  • He tries his best every time (Ele tenta dar o seu melhor todas as vezes).
  • He spies on his sister’s diary every time (Ela espia o diário da irmã dele toda vez).

Forma interrogativa

No inglês não dá pra fazer como fazemos no português e perguntar somente mudando a nossa entonação e acrescentando um ponto de interrogação. Ou seja, a construção de frase abaixo está errada:

❌ They work on Sunday?

Para fazer perguntas no simple present em inglês a gente vai precisar de um verbo auxiliar.

💡O verbo auxiliar do simple present é o DO.

Quando você usa o verbo auxiliar DO pra formar uma frase interrogativa, a palavra, em si, não tem significado nenhum, quer dizer, não tem tradução ao passarmos a frase para o português. No entanto,o verbo auxiliar DO é extremamente importante aqui, pois gramaticalmente ele ajuda a compor a forma interrogativa do tempo verbal Simple Present.

Para formar frases na forma interrogativa do Simple Present, basta acrescentar o DO antes do sujeito e da forma base, ou infinitivo do verbo — sem o TO — e pronto, sua pergunta estará formada. Vejamos os exemplos abaixo:

  • Do they work on Sundays? (Eles trabalham aos domingos?)
  • Do you like pizza? (Você gosta de pizza?)
  • Do Paul and Mary drive well? (O Paul e a Mary dirigem bem?)

Forma interrogativa na terceira pessoa

Para formar frases na forma interrogativa do Simple Present para a terceira pessoa do singular (he, she e it), é preciso alterar o auxiliar de DO para DOES.

Ao utilizar a forma DOES, o verbo volta para a forma base, ou infinitivo: ou seja, nada de acrescentar -S, -ES ou -IES no final, ok?

Estas duas construções de frases estão erradas:

Do she work there?
Does she works there?

Já esta construção de frase é a correta:

✔️ Does she work there?

Vejamos mais alguns exemplos corretos:

  • Does she live in New York? (Ela mora em Nova Iorque?)
  • Does he play soccer? (Ele joga futebol?)
  • Does Betty speak German? (A Betty fala alemão?)

Forma negativa

Para a formação de frases na forma negativa do Simple Present, comece com o sujeito (lembre-se: um pronome ou substantivo) e acrescente o verbo auxiliar DO combinado com a palavra NOT, para só então l adicionar o verbo em sua forma base, ou infinitivo.

E ao usar o verbo auxiliar DO com o NOT, você também pode usar a contração entre eles, ou seja, DON’T.

Vejamos abaixo alguns exemplos:

  • I do not like baseball (Eu não gosto de baseball).
  • I don’t like baseball (DO + NOT DON’T).
  • We do not travel all the time (Nós não viajamos o tempo todo).
  • They don’t cook at home (DO + NOT DON’T).

Forma negativa na terceira pessoa

Para formar frases na forma negativa do Simple Present para a terceira pessoa do singular (he, she e it), a exemplo do que acabamos de ver na forma interrogativa, também é necessário alterar o auxiliar de DO para DOES.

Mas, como você já deve imaginar, ao usar o verbo auxiliar DOES com o NOT, também é possível utilizar a contração que existe entre eles, que é DOESN’T.

Vejamos estes exemplos:

  • She does not like milk (Ela não gosta de leite).
  • He doesn’t want dessert today (Ele não quer sobremesa hoje).
  • The dog doesn’t eat cat food! (O cachorro não come comida de gato!)
  • My father does not speak Spanish (Meu pai não fala espanhol)

Gostou das dicas? Deixe um comentário abaixo!

Eu vejo vocês num próximo post.

Bye bye!

Simple Present ou Present Simple: quando se usa?

Simple Present ou Present Simple? A nomenclatura deste tempo verbal em relação à gramática vai variar dependendo da pessoa, do país e do método a partir do qual você aprende inglês. Eu, por exemplo, prefiro chamá-lo de Simple Present.

Mas, preferências pessoais à parte, este post tem a finalidade de te ensinar em que circunstâncias ou situações você deve usar este tempo verbal, então, sem maiores demoras, vamos ao que interessa.

E, na verdade, você vai perceber que o Simple Present é tão simples, mas tão simples, que tudo o que você vai precisar saber pra poder construir frases com ele é a forma base do verbo, ou seja, seu infinitivo, como to work, to study ou to learn.

Assista ao vídeo do English Minutes, que eu publiquei no YouTube:

Ou… se você já assistiu ao vídeo, ou está sem tempo pra isso agora, acompanhe o texto abaixo, onde eu forneço um resumo e exemplos adicionais aos que estão no vídeo.

Então, vamos lá!

Use o Simple Present para falar de fatos ou coisas em geral.

Para expressar fatos em geral, situações, emoções e desejos permanentes, o Simple Present se encaixa como uma luva.

Veja estes exemplos:

  • I like chocolate ice cream
    • Eu gosto de sorvete de chocolate (fato)
  • I hate to wait for people (emoção)
    • Eu odeio esperar pelas pessoas (emoção)
  • I want to have dinner with her tonight
    • Eu quero jantar com ela esta noite (desejo)
  • I work from 07:30 to 17:30
    • Eu trabalho das 07:30 às 17:30 (outro fato)

Use o Simple Present para dizer que algo ocorre o tempo todo, ou repetidamente.

Se você precisa falar de situações repetitivas, rotinas ou hábitos, também deve utilizar o Simple Present, incluindo, se necessário, advérbios e outros modificadores que indiquem frequência.

Veja estes exemplos:

  • I have my breakfast at 06:30 every day
    • Eu tomo café da manhã às 06:30 todos os dias (uma rotina diária)
  • She smokes 3 cigarettes a day
    • Ela fuma 3 cigarros por dia (um hábitomau, mas ainda assim, um hábito)
  • Brazilians usually like to play soccer
    • Os brasileiros geralmente gostam de jogar futebol (uma característica repetitiva entre os brasileiros)
  • Peter always arrives late
    • Peter sempre chega tarde (mais um hábito)
  • We usually go to the movies on Fridays
    • Nós geralmente vamos ao cinema às sextas-feiras (outra rotina).

Use o Simple Present para dizer que algo é verdade, em geral.

Por algo que é verdade, quero dizer tanto as verdades universais (que todos aceitam sem questionamento), quanto aquilo que é de conhecimento geral. Por exemplo:

  • The Earth goes round the Sun
    • A Terra gira ao redor do Sol (uma verdade universal)
  • Water boils at 100ºC
    • A água ferve a 100ºC (outra verdade universal)
  • Most stores in Quebec close at 9 pm on workdays
    • A maioria das lojas no Quebec fecham às 21:00 nos dias úteis (um fato de conhecimento geral)
  • Shortsighted people need glasses
    • As pessoas míopes precisam de óculos (outro fato de conhecimento geral)

Gostou das dicas? Deixe um comentário abaixo!

Eu vejo vocês num próximo post.

Bye bye!

Less ou fewer: quando uso qual?

Hi guys, how are you?

Vocês provavelmente já encontraram as palavras fewer e less ao ler, estudar, ou assistir a algum filme ou série em inglês.

Estas duas palavras são usadas para indicar um menor grau ou menor quantidade de alguma coisa, e ambas significam menos: ou seja, tanto uma quanto a outra é o oposto da palavra more, que em inglês significa mais.

Mas… você sabe quando deve usar fewer, e quando deve usar less?

Fewer

Use fewer quando você precisar indicar uma menor quantidade de substantivos contáveis.

Se é possível colocar um número antes de um substantivo, ou, melhor dizendo, é possível colocar um substantivo no plural, então ele é contável.

Assim, friends, cars, flowers, shoes e cats são todos exemplos de substantivos contáveis.

Vejamos estas duas frases:

❌ I have less friends than Mary.

A frase acima está errada: já que friends é um substantivo contável, não podemos usar a palavra less para indicar menos.

✅ I have fewer friends than Mary.

A frase acima está correta: já que friends é um substantivo contável, devemos usar a palavra fewer para indicar menos.

Less

Use less quando você precisar indicar uma menor quantidade de substantivos incontáveis.

Ao contrário dos substantivos anteriormente mencionados, os substantivos incontáveis não possuem plural.

Isso é porque eles normalmente são percebidos como sendo uma massa única, ou como algo homogêneo, para a qual não se consegue diferenciar o singular do plural.

Assim, money, salt, water, music e toast são todos exemplos de substantivos incontáveis.

Vejamos estas duas frases:

❌ It costs fewer money now.

A frase acima está errada: já que money é um substantivo incontável, percebido como uma quantia, não podemos usar a palavra fewer para indicar menos.

✅ It costs less money now.

A frase acima está correta: já que money é um substantivo incontável, devemos usar a palavra less para indicar menos.

Adicionando substantivos contáveis aos incontáveis

Embora os substantivos incontáveis representem algo único ou homogêneo, é perfeitamente possível usá-los em conjunto com os substantivos contáveis, para criar frases contáveis.

Este tipo de construção de frase altera o uso de fewer e de less. Vejamos esta frase:

✅ I want less cake.

A frase está correta: cake é um substantivo incontável neste contexto, e por isso usamos less cake (menos bolo).

Faríamos o mesmo para less ice cream (menos sorvete) ou less coffee (menos café).

Agora, esta outra frase:

✅ I want fewer pieces of cake.

O uso da palavra pieces nesta segunda frase também a torna correta: estamos contando pedaços ou fatias de bolo, e por isso usamos fewer pieces (menos pedaços).

Faríamos o mesmo para fewer glasses of water (menos copos d’água) ou fewer cups of tea (menos xícaras de chá).

Gostou das dicas? Deixe um comentário abaixo!

Eu vejo vocês num próximo post.

Bye bye!

Page 1 of 2

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén