Mês: agosto 2020

—ING: Present Participle e Gerund são a mesma coisa?

Todo mundo que estuda ou já estudou inglês na vida se deparou em algum momento com a terminação —ING, não é verdade?

Vamos dar uma olhada nestes dois exemplos:

  • She’s walking slowly today because she hurt her leg.
  • Walking is a great way to improve or maintain your overall health.

No primeiro exemplo, a terminação —ING é adicionada ao verbo to walk para construir o tempo verbal chamado de present continuous ou present progressive, usado para falarmos de ações continuadas que que estejam acontecendo no momento atual.

O present continuous ou present progressive é formado combinando o verbo to be com o que a gramática do inglês chama de present participle.

O que é present participle?

O present participle é a forma obtida quando adicionamos a terminação —ING à forma base, ou infinitivo de um verbo, como neste exemplo:

  • Amanda is wearing a dress today.

De acordo com as normas de gramática do inglês, nós sempre usaremos o present participle nas construções de tempos verbais contínuos ou progressivos, como no exemplo do present continuous que eu mencionei acima.

Há um detalhe muito importante com relação ao present participle: ele sempre estará acompanhado do verbo to be, que pode estar conjugado em qualquer um dos tempos verbais do inglês, como nos exemplos a seguir:

  • Quiet, please! I’m trying to sleep!
  • He was watching the soccer finals.
  • They have been working too hard.

Uma pequena confusão que o português pode causar

Vamos olhar novamente está frase:

  • Amanda is wearing a dress today.

Em português, traduziríamos esta frase como Amanda está usando um vestido hoje: nesta frase, a palavra usando é a forma do gerúndio do verbo usar.

Como em português o gerúndio é justamente usado para expressar a continuidade ou o desenvolvimento de uma ação no momento atual, ele se assemelha à ideia do present continuous, e assim, muitas vezes as pessoas dizem por comparação que os verbos do inglês, quando estão com a terminação —ING, estão no gerúndio.

E puxa, vejam só: existe até uma palavra cognata em inglês para gerúndio, que é gerund!

Mas gerund e present participle, embora extremamente parecidos, não são exatamente a mesma coisa!

O que é gerund?

Para entender o que é gerund, vejamos novamente o segundo exemplo que foi dado no começo do texto:

  • Walking is a great way to improve or maintain your overall health.

Se considerarmos a tradução da frase acima para o português, que seria Andar é uma ótima forma de melhorar ou manter a sua saúde geral, notamos que a palavra andar, neste caso, atua como um substantivo.

O sentido da palavra andar neste caso é o mesmo que temos na frase seu andar_ é muito gracioso_: andar é um substantivo.

Ou seja, um gerund é uma palavra formada a partir de um verbo terminado em —ING, exatamente como seria um present participle, só que atuando como um substantivo.

É possível perceber isso nestes exemplos adicionais, em que todas as palavras terminadas por —ING na verdade são gerunds e agem como substantivos:

  • Speaking good English takes time.
  • I think snowboarding is cool.
  • She loves traveling.

Como saber se é present participle ou gerund?

Pelas explicações anteriores, a forma mais fácil de diferenciar entre um gerund e um present participle é verificar se na frase existe o verbo to be.

Se você encontrar uma forma do verbo to be conjugada em qualquer tempo verbal, seguida pela forma —ING, então estamos falando de present participle. Exemplo:

  • She has been sleeping for eight hours.

Por outro lado, caso a forma —ING estiver começando a frase ou seguir um verbo ou uma preposição, isso será o gerund. Exemplo:

  • Playing chess is really fun!

Tá bom: e o que isso muda na minha vida afinal?

Falando muito sinceramente, é muito pouco provável que esta informação faça alguma diferença prática pra você, principalmente se sua necessidade ou anseio é apenas falar ou escrever em inglês no dia-a-dia para se comunicar.

No entanto, se você, assim como eu, possui aquela curiosidade inquietante ou quer se especializar ou pelo menos entender um pouco mais a fundo certas diferenças tênues da gramática do inglês, eu tenho certeza de que você deve ter adorado descobrir — ou, quem sabe, relembrar esta informação, não é?

Deixe as suas opiniões aí embaixo, nos comentários.

A gente se vê num próximo post!

Aprendendo inglês com uma newsletter da Fórmula 1

Que tal fazer um exercício de leitura guiada em inglês, usando uma newsletter da Fórmula 1?

Embalado pela vitória do piloto holandês Max Verstappen no grand prix de septuagésimo aniversário da Fórmula 1 em Silverstone no fim de semana de 09 de agosto de 2020, este vídeo do English Minutes no YouTube te apresenta esta atividade:

A FIA, Federação Internacional de Automobilismo, publica uma newsletter, ou seja, um boletim de notícias, que você pode assinar e receber no seu e-mail regularmente.

Na newsletter enviada logo após a corrida do aniversário de 70 anos da Fórmula 1, eles mencionaram a vitória de Max Verstappen, que foi impressionante — e um pouco inesperada:

O vídeo de leitura guiada acima usa como referência o que eles disseram.

Não conhece as leituras guiadas do English Minutes?

As leituras guiadas são vídeos feitas em um formato simples, com leitura e explicação, para que você, que estuda inglês, complemente seus estudos, aproveite as explicações e aprenda ou revise vocabulário!

A seguir, eu reproduzo, na íntegra, o texto da newsletter, incluindo a imagem que o ilustrou.

As palavras destacadas são vocabulário ou expressões que eu comento na sequência. E você também vai poder acessar a tradução para o português do texto.

Blazing Bull

Go hard. Or go home. When it comes to burning rubber, Red Bull can handle the heat. Their risky but rewarding tyre gamble saw Max conquer last weekend. And it has exposed Mercedes’ Achilles heel. With a boiling hot Spanish GP up next, tyres will be tested. Again. Lewis, of course, welcomes the challenge. So can Red Bull stoke the fire and continue to threaten the Silver Arrows’ dominance?

Vocabulário

Eis as definições, ou explicações, para os termos destacados acima:

Tradução

E conforme citei no começo do texto, segue a tradução da newsletter para o português, para que você possa ter uma visão geral do contexto, se preferir assim:

Touro em chamas

Vá com tudo. Ou vá pra casa. Quando o assunto é queimar madeira, a Red Bull consegue lidar com o calor. Sua arriscada mas recompensadora aposta nos pneus permitiu que o Max conquistasse o final de semana passado. E expôs o calcanhar de Aquiles da Mercedes. Com um GP da Espanha fervendo na sequência, os pneus serão testados. Novamente. Lewis, claro, aceita o desafio. Então, será que a Red Bull consegue manter o fogo aceso e continuar a ameaçar o domínio da Silver Arrow (Flecha de Prata)?

Gostou deste post? Deixe sua opinião nos comentários, que é pra eu saber se trago mais conteúdo como este para o site do English Minutes!

Eu vejo vocês num próximo post. Bye bye!

To Meet x to know: qual a diferença?

Hi! Você tem uns minutinhos aí?

Então neste post de hoje você vai aprender comigo a diferença entre os verbos to meet e to know! Está tudo muito bem explicado neste quick tip do English Minutes no YouTube:

Mas, se você não tem tempo agora, ou não quer a explicação em vídeo, dê uma olhada nestas frases de exemplo e veja se você consegue descobrir o porquê de usarmos to meet ou to know em cada um dos casos:

— Nice to meet you!

— Prazer em conhecê-lo!

— I don’t know his brother.

— Eu não conheço o irmão dele!

— Mary will meet with her father at the restaurant tonight.

— Mary vai se encontrar com o pai no restaurante hoje à noite!

Will you know how to do that alone?

— Mary vai se encontrar com o pai no restaurante hoje à noite!

Descobriu? Bom… de qualquer forma, vamos às explicações!

O verbo to meet

O verbo to meet é usado quando a gente está tendo o primeiro contato com alguém, quando estamos conhecendo uma pessoa nova, ou seja, quando estamos sendo apresentados a essa pessoa.

Então podemos usar esta frase:

I met the President last year!

Eu conheci o Presidente no ano passado!

Mas não cabe neste tipo de situação o uso do verbo to know, o que significa que a frase abaixo está errada:

I knew the President last year!

Um outro uso para o verbo to meet são as situações em que você for encontrar alguém que você já conhece. Só que nesse caso, a gente normalmente diz to meet with ou to meet up with.

Então esta frase pode ser usada, pois está perfeitamente correta:

She’s meeting up with her college friends later.

Ela vai se encontrar com as amigas da faculdade mais tarde.

O verbo to know

Já o verbo to know é usado pra falar de conhecimentos ou habilidades que você ou uma outra pessoa possui.

Como nesta frase de exemplo:

I know a lot about computers.

Eu conheço bastante sobre computadores.

Ou como nesta outra outra frase:

Mark knows how to play the piano.

Mark sabe tocar piano.

E há também um outro uso para o verbo to know, que é empregado quando você já conhece uma pessoa, ou seja, já foi apresentado a ela em alguma ocasião anterior, mas vai precisar falar que já conhece de forma geral, em alguma situação corriqueira.

Como neste exemplo:

Do you know Janet?

Você conhece a Janet?

Mas você não deve usar o verbo to meet nesta situação, o que significa que a construção da frase abaixo está errada:

Do you meet Janet?

E então? Gostou deste quick tip?

I hope the next time I meet with you, you can tell me you know the difference between to meet and to know, ok? (Espero que da próxima vez que eu encontrar com você, você possa me dizer que sabe a diferença entre to meet e to know, ok?).

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén